segunda-feira, 12 de Novembro de 2007

LIMITAÇÕES DA CONTABILIDADE NACIONAL

LIMITAÇÕES DA CONTABILIDADE NACIONAL

A CN não pode traduzir fielmente a medida da actividade económica, porque há situações em que o seu registo não é feito:
· Produção para autoconsumo.
· Actividades ilegais.
· Trabalhadores não declarados.
· Produção ilegal.

Situações não contabilizadas:
Economia subterrânea: conjunto de actividades que embora legais não são contabilizadas:
· para fugir aos impostos;
· para fugir ao pagamento da segurança social;
· porque são realizadas por imigrantes;

Economia ilegal: conjunto de actividades ilegais ou realizadas de forma ilegal:
· produção ou distribuição de bens e serviços ilegais;
· actividades legais, mas desempenhadas por pessoas não credenciadas;

Economia informal: actividades simples que existem principalmente quando a economia não está suficientemente organizada:
autoconsumo;
produção familiar;


A CONTABILIDADE NACIONAL AO MEDIR A UTILIDADE ECONÓMICA,
ESTÁ APENAS A MEDIR O QUE É RENTÁVEL DO PONTO DE VISTA EMPRESARIAL.


Textos
O PIB não tem em conta a natureza dos bens obtidos e a sua importância social. O que interessa é o aumento da produção e não do tipo de produção (armas ou alimentos) e as condições de produção utilizadas (utilização da mão-de-obra infantil, horários de 16h diárias – Economia A, Areal Editora.

PIB NÃO É ECOLOGIA
O PIB não contabiliza a qualidade ambiental do meio. Imagine que o governo elimina toda a regulamentação ambiental. As empresas então poderiam produzir bens e serviços sem levar em consideração a poluição que criam e o PIB poderia crescer. Contudo o bem-estar com toda a probabilidade cairia. A Deterioração na qualidade do ar e da água compensaria negativamente o ganho de bem estar decorrente da maior produção. G. Mankiw

PNB - Produto Nacional Bruto: navegar com um instrumento defeituoso

Por que é que o rendimento faz parte do índice de desenvolvimento humano


A CONTABILIDADE NACIONAL:
Só regista actividades remuneradas.
Não tem em conta sectores informais da
economia
Não regista autoconsumos.
Não avalia danos ambientais.
Não tem em conta a importância social dos bens.Não regista os valores das produções ilícitas.

Sem comentários: